Criança natural

Quando falamos em criança natural estamos nos referindo a toda a rede de relações que envolve o acompanhamento de mães –pais  com  @s seus/suas  filh@s. Criar no amplo sentido do termo, quer dizer ,  ter uma atitude de respeito aos processos naturais de crescimento e desenvolvimento da criança como um ser integral contendo em se corpo sistema emocional , mente e energia / espiritu .

Também estamos nos referindo à consciência ecológica e de vida sustentável (de dentro pra fora) transmitindo isso como atitude  cotidiana  para que o aprendizado pratico  aconteça de uma forma fluida, natural .

Isso tudo vai desde a  gestação e o nascimento até a forma na qual mostramos como é  o mundo através do convívio em casa e no dia a dia . Optamos,  por exemplo , pelo parto natural (quando tudo sai bem ) , lactância livre demanda, pela cama compartilhada quando os bichinhos são pequechitos , utilização de fraldas de pano , comunicação da  eliminação, alimentação natural (com a ampla gama de possibilidades segundo o entendimento de cada quem que isso supõe) , nutrição completa do ser  .

Escolhendo trabalhos que mesmo que signifiquem ter uma vida mais simples materialmente possibilitem realmente tempo para estar, cuidar e acompanhar o dia a dia da família . Ocupando-nos  também com todos os estímulos que fornecemos mediante a realidade que criamos para  nós viver junto aos nossos pequenos mestres que vão crescendo e aos poucos se transformando em seres bem   VIVOS , DESPERTOS E AMOROSOS COM TUDO QUE EXISTE .

Estas linhas refletem a minha interpretação da criança natural ,  Contudo, recalco que todas as possibilidades e variantes dessa freqüência são sem duvida validas e importantes.. É claro que não existe perfeição na nossa manifestação de vida e sem culpas vamos crescendo juntos e se nutrindo mutuamente, se divertindo , se apoiando nas dificuldades e no que seja preciso ..

Sentimos cada vez mais forte  que são precisas novas formas de viver para que esta bela bola azul que é a nossa casa e o nosso corpo maior continue a viajar – só que limpa e sadia – pelo espaço , rodopiando e dançando, brincando com o sol e todas as galáxias girantes neste universo que vibra e respira.

cc

Tai Nilo

https://amayum.wordpress.com/